segunda-feira, novembro 15, 2004

Mãos

Queima-me teu rosto ao tocar-me nas mãos
e ofuscam-me teus olhos
tamanha luz não é, contudo, suficiente
para alumiar as minhas trevas
nem secar as coroas de flores.